Monthly Archives: janeiro 2014

Cuidado com seus pneus 2ª Parte

pneus

-Quando devo realizar a troca de pneus do meu carro?

A durabilidade dos pneus automotivos varia de 20 mil a 70 mil quilômetros, dependendo das características da pista, da qualidade do produto e das boas práticas de uso. O modo mais prático de tirar a prova dos nove é deitar um palito de fósforo sobre um dos sulcos do pneu. Se a cabeça do palito não estiver completamente coberta pelo sulco, é hora de realizar a substituição. Lembrando que alguns pneus são desenvolvidos com um indicador de vida útil, chamado de TWI, que possui a mesma função do palito.

-O que devo fazer se o pneu apresentar deformações ou bolhas?

As deformações ou bolhas são, geralmente, provenientes de impactos contra obstáculos, guias, como buracos, etc. O consumidor deve procurar imediatamente uma loja especializada para que seja feita uma análise técnica do pneu para que sua segurança não seja comprometida.

-Como devo realizar a limpeza dos meus pneus?

Alguns produtos químicos usados para limpar a lataria do veículo podem danificar a borracha e outros componentes da roda. Por isso, especialistas recomendam o uso de produtos específicos para pneus na hora de limpá-los.

-A sobrecarga pode comprometer a saúde dos pneus?

Pode sim. A sobrecarga pode ocasionar um desgaste prematuro dos pneus automotivos. Além disso, o excesso de peso poderá causar um esforço maior para os pneus, fazendo com que ultrapassem seus limites de trabalho dentro das especificações do fabricante.

-Fazer a manutenção do veículo ajuda a manter o bom funcionamento dos pneus?

Com certeza, pois amortecedores, freios, molas, rolamentos, eixos e rodas têm influência direta sobre a eficiência e a saúde dos pneus. É muito importante realizar a manutenção preventiva a cada seis meses, ou antes de uma longa viagem.

Cuidado com seus pneus

pneus

1-Para que serve o rodízio dos pneus?

Os pneus dos carros traseiros e dianteiros sofrem com diferentes variações de carga, frenagem e esterçamento. O rodízio de pneus, que consiste na troca dos pneus traseiros pelos dianteiros, e vice-versa, aumenta a vida útil dos pneus e garante um desgaste mais uniforme.

Esse rodízio deve ser realizado a cada 10 mil quilômetros rodados.

2-Qual a diferença entre balanceamento e alinhamento?

O alinhamento é o ajuste da suspensão do seu carro, que garante a estabilidade do veículo. Já o balanceamento consiste no equilíbrio do peso sobre as rodas e os pneus, de modo a evitar a sobrecarga. O alinhamento precisa ser feito quando o motorista sentir o volante puxar levemente para a esquerda ou para a direita, enquanto que a vibração do volante ou de partes do veículo pode sinalizar a necessidade de balanceamento.

3-Por que é tão importante manter os pneus do carro calibrados?

A calibragem mantém a pressão de ar adequada ao pneu, que varia conforme o modelo de carro e o peso sobre as rodas. É muito importante calibrar os pneus semanalmente, pois a calibragem correta ajuda na economia de combustível e diminui o desgaste da borracha. Para verificar a calibragem correta dos pneus usados em seu veículo, confira o manual do veículo ou verifique os adesivos colados no lado de dentro da porta do motorista ou na tampa de combustível.

A calibragem é geralmente indicada em BAR (sistema europeu) e PSI (sistema adotado no Brasil). No exemplo ilustrado abaixo, a calibragem do automóvel no Brasil seria de 30 PSI.

pneus

Pneus do tipo remold

pneus

Por que os pneus do tipo remold não são recomendados?

Embora os pneus do tipo remold cheguem a custar até 45% menos que os pneus 0 km, eles podem sair caro a longo prazo. Os pneus remanufaturados usam carcaças de pneus usados, comprometendo a estabilidade do veiculo, a segurança e o conforto do automóvel. Além disso, pneus do tipo remold têm uma vida útil 35% menor que a dos pneus novos.

Utilizar pneus de marcas diferentes pode comprometer a dirigibilidade?

Usar pneus de marcas diferentes não compromete a dirigibilidade, desde que sejam colocados em eixos diferentes.

É possível alterar a medida original do pneu do meu carro?

A medida original pode ser alterada, desde que a descrição de serviço do pneu (índice de carga e símbolo de velocidade) seja maior ou igual à descrição de serviço aceita pela montadora. Além disso, a diferença do diâmetro externo em relação ao pneu original não deve ultrapassar 3% no caso de veículos de passeio e 2% no caso de camionetes.

Para que servem os pelos dos pneus?

Os pelos dos pneus não possuem nenhuma função. Eles são apenas o resultado do excesso de borracha que escorre do molde durante a fabricação do produto. Muita gente tem essa duvida.