Monthly Archives: junho 2014

Dicas de manutenção para seu Chevrolet Celta durar mais

imagen-celta-ls-1-0-flex-4p-2014-445-0ori

Hoje daremos algumas dicas para que o seu Chevrolet Celta dure mais e proporcione conforto e segurança enquanto você dirige.

A primeira dica é sobre freios: quando acionar o freio e ouvir um barulho parecido com um assobio, a pastilha de freio pode estar desgastada. Esse é um chiado típico de quando acontece o desgaste da pastilha ou o tipo de material que é usado na fabricação da peça.
novo-celta-2012-interior
Outra dica é sobre manutenção: é muito importante fazer uma revisão periódica no veículo. É muito importante uma vez por semana conferir a checagem dos pneus, a água do radiador. Outros itens que merecem atenção são: óleo de direção hidráulica, óleo do freio e o nível do óleo do motor. É muito importante também lavar o carro normalmente. Todas essas revisões podem ser feitas em um centro automotivo especializado.

Fazer o polimento do automóvel quando ele estiver limpo e seco. Para isso, utilize pano limpo e seco para passar a cera. Use estopa. com movimentos circulares, daí aguarde secar e finalmente dê brilho com um pano limpo.

Muito importante também é evitar andar com o tanque do automóvel Chevrolet Celta na reserva. Caso o automóvel ande muito na reserva, o sistema de injeção eletrônica é prejudicado, pois acumula-se sujeira no fundo do tanque de combustível.

Para a segurança dos passageiros, principalmente das crianças, evite transportá-las no banco da frente. Crianças devem ir sempre no compartimento traseiro e preferencialmente atrás do encosto do banco dianteiro. Isso porque em caso de acidente, ele funciona como uma proteção adicional.

Outra dica importante é evitar a mistura de óleos: por exemplo, não misturar óleo semi-sintético com mineral. Essa mistura faz com que o óleo perca sua viscosidade origina e não lubrifique de forma correta o motor.

Quando a lataria do automóvel manchar de combustível, para remover essa mancha da pintura, misture óleo de motor sem uso com gasolina em um pedaço de estopa ou flanela e esfregue bem firme no local manchado. Quando mais recente a mancha, mais facilmente ela será retirada.

Para calibrar os pneus, use nitrogênio. Isso aumenta a vida útil dos pneus. Além do mais, amplia bastante o intervalo entre as calibragens. Mesmo assim, é muito importante sempre dar uma conferida na calibragem dos pneus do Chevrolet Celta.

Quando estiver dirigindo o automóvel, no trânsito e precisar ficar parado, evite deixar engatado, pois isso causa desgaste das peças da embreagem, diminuindo sua vida útil. O correto é desengatar o automóvel e puxar o freio de mão. Além de evitar desgaste das peças, você também descansa e relaxa os braços e pernas.

Dicas sobre como comprar carros usados

De 2009 da marca Chevrolet

Comprar carro usado pode ser uma aventura simples e fácil caso você tenha em mente e entenda algumas situações que podem acontecer, para ser mais fácil de escolher o modelo correto e que vai atender a suas necessidades. Ou seja, caso você não esteja preparado pode ser uma aventura não muito agradável escolher um automóvel.

Por esse motivo, hoje daremos umas dicas essenciais para que a compra do seu automóvel usado seja bem sucedida. São dicas que auxiliarão a pesquisar o modelo que se quer, análise visual do automóvel, funcionamento mecânico e até da documentação do automóvel. Essas dicas serão abordadas de forma simples e de fácil entendimento para quem ler.

Hoje em dia, com a queda cada vez maior dos preços dos veículos usados, aliado à concessão de crédito que cresce cada vez mais, adquirir um automóvel usado pode ser muito vantajoso. Mas, uma boa escolha não é fácil de se fazer, já que a pesquisa inicial deve ser bastante detalhada e atenciosa. Aqui seguem algumas valiosas dicas para fazer um negócio bom e que seja garantido.

tabela-fipe-carros

1 – Paciência: a primeira e mais importante dica é ter paciência, já que ela determinará se a compra será bem feita ou não. Muitas pessoas são afoitas, não sabendo esperar. E por não saber esperar, compram o primeiro carro que vêem na frente. Quando você vai a uma concessionária ou loja multimarcas, o vendedor de cara pressente sua ansiedade. E, tenha a certeza de que ele irá te vender o que ele quiser caso perceba que você está afoito, sem paciência para esperar. E, é nessas horas que aquele automóvel que está encalhado na loja e que geralmente nçao está com a mecânica boa que vão oferecer.

2 – Comprar carros de conhecidos e amigos é uma boa opção: quanto mais o proprietário do automóvel ou intermediador for conhecido, menor o risco da aquisição do automóvel, por um motivo bem simples: nessas situações, podemos avaliar e saber se o veículo era bem cuidado, se tinha a sua manutenção realizada de acordo com o manual do proprietário, se não possui problema na documentação e até se o automóvel já sofreu alguma batida mais grave.

3 – Procure comprar na cidade onde você mora ou nas cidades vizinhas: Mesmo que consigamos encontrar propostas irrecusáveis em outras cidades e até estados, adquirir um automóvel nessas condições pode ser perigoso. No caso de cobertura da garantia e até mesmo alguma restrição na documentação do automóvel ficam bem mais difíceis de se resolver . Agora caso o preço esteja muito bom e compense, analise com a maior atenção possível a proposta.

4 – Obtenha o máximo de informações mecânicas sobre o modelo desejado: primeiro, faça uma lista dos itens mais relevantes para você, como conforto, economia, segurança, estabilidade e consulte uma pessoa entendida no assunto sobre qual modelo é mais recomendado dentro dos que você pretende escolher. Além disso, alguns modelos podem apresentar problemas crônicos e demonstrar ser um automóvel problemático para se negociar. Portanto, pesquise o máximo possível sobre o modelo pretendido.

5 – Faça uma pesquisa de preço: a boa compra não é somente aquela que encontra-se o automóvel desejado em boas condições: o preço também deve ser justo e dentro do mercado. Existem muitas maneiras de realizar essa pesquisa, mas geralmente a primeira pesquisa a se fazer é na tabela FIPE (www.fipe.com.br), para se ter uma idéia do valor do automóvel. os valores dessa tabela são usados como referência em quase todo os estados do Brasil e, com o valor em mãos, a pesquisa pode ser realizada em jornais, lojas multimarcas e até na internet, pois você já terá um valor para basear-se. Na internet existem muitos sites com buscas genéricas, onde pode-se encontrar o automóvel desejado. Além disso, você pode filtrar as suas buscas de acordo com o que você deseja.

6 – Leve o veículo pretendido em um centro automotivo para que seja realizado um check-up geral dele, onde serão analisados todos os sistema, como: direção hidráulica, ar condicionado, sistema elétrico. Essa análise será realizada por técnicos automotivos especializados e prontos para tirar qualquer dúvida que você tenha.

Essas dicas são fundamentais para comprar um veículo usado em boas condições.