Aditivos de óleos

duvidas-sobre-a-troca-de-oleo

Para que servem?

São compostos químicos que melhoram o poder lubrificante. A maioria dos óleos comerciais contém aditivos. São vitais para a boa lubrificação e uso prolongado nos modernos motores de combustão interna. Sem o uso deles, as composições oleosas se tornariam: vazadas, contaminadas, quebradas ou não iriam proteger corretamente às peças nas temperaturas de funcionamento. São utilizados no interior de transmissões automáticas, engrenagens, e rolamentos.

Decomposição química:

Detergentes aditivos são utilizados para limpar e neutralizar as impurezas do óleo.

Corrosão ou oxidação consiste em aditivos que sevem para retardar a oxidação do metal dentro do motor. Antioxidantes retardam a degradação do óleo de estoque por oxidação. Os aditivos típicos possuem orgânicos em aminas e fenóis. Para evitar a oxidação, desativadores de metal criam uma película sobre as superfícies metálicas.

Certas composições permitem um desempenho melhor sob condições como: pressões e temperaturas extremas em altos níveis de contaminação, por exemplo.

Aditivos de óleo e viscosidade:

Torna a viscosidade de um óleo mais elevado, temperaturas elevadas e melhora o Índice de Viscosidade. O uso menos viscoso: a vantagem do uso menos viscoso, está na melhora de fluidez às baixas temperaturas.

Mas a grande maioria dos óleos contém modificadores de viscosidade.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>