Category Archives: dicas automotivas

Cuidados ao dirigir o Chevrolet Spin

2015-chevrolet-spin-painel

A Chevrolet está aos poucos atualizado seus modelos para a linha 2015 e acabou por decidir oferecer alguns novos itens de série para a Spin. Os detalhes acabaram por render aos modelos pequenos ajustes no preço, aumentando-os, que são tabelados entre 49.900,00 e 60.200,00 reais. Para ser mais exato, somente a versão Advantage teve uma redução no seu valor oficial. A linha 2015 está sendo lançada juntamente com as comemorações pela produção de 100 mil unidades do Spin no Brasil.

2014-chevrolet-spinltz-gm-brazil-02

A única mudança que chega para todas as versões da minivan é o sistema de travamento elétrico da portinhola do tanque de combustível, que agora é oferecido como item de série em todas versões. Além disso, a configuração top de linha que é a versão LTZ acabou por ganhar anel cromado no painel de instrumentos e acabamento emborrachado na parte central do painel. Entre os acessório, o destaque vai para o tablet de sete polegadas que possui suporte para a cabeça, câmera de ré e o módulo de TV, que são compatíveis com o sistema multimídia MyLink. Leve sempre a um centro automotivo especializado.

Com essas mudanças, a Spin LT ficou 600,00 reais mais cara e seu preço inicial pe de 49.900,00 com câmbio manual e 56.900,00 com câmbio automático. Já a LTZ ficou mais cara em 700,00 e está tabelada em 59.800,00 com câmbio manual e 63.600,00 com câmbio automático. A versão Advantage foi a única que ficou mais barata e agora parte de 56.200,00 com câmbio manual de cinco velocidades que tem um desconto de 500,00 reais e de 60.200,00 com câmbio automático de seis marchas, diminuindo em torno de 400,00 reais.

Quando se está dirigindo o automóvel é preciso muito cuidado para que não aconteça nenhuma batida, por mínima que seja, pois pode prejudicar o automóvel e deixá-lo com consequências para sempre. Bater um automóvel pode resultar em problemas além do que se imagina. São vários componentes que podem ser afetados ou até ter o seu funcionamento comprometido em virtude de uma batida.

2015-chevrolet-spin-painel

E em muitos casos, esses componentes podem nem estar visíveis: a carroceria, pára choques, suspensão, cintos de segurança, freios, coxins e até as vedações e fechamentos das portas precisam ser verificados depois de uma batida. Na colisão, muitos desses componentes podem apresentar algum tipo de problema e dar dor de cabeça para o proprietário algum tempo depois do acidente.

E isso aplica-se mesmo em caso de batidas leves. Muitos crash tests são realizados com velocidades de até 15 quilômetros por hora. E nessas condições os índices de reparabilidade de cada automóvel vendido no mercado brasileiro é medido. Essas pequenas batidas são as que mais acontecem no trânsito urbano, por um simples descuido e encosta aquela batidinha nos automóveis. Nesses casos, a barra de absorção dianteira que fica atrás do para choque pode acabar atingindo o radiador e até o condensador do sistema de ar condicionado.

Nesse caso, leve a um centro automotivo especializado para verificar as condições de todas as peças e sistemas, vendo o que foi danificado e precisa de reparo ou que precisa ser trocado para que o automóvel fique novo em folha. É importante ficar muito atento na hora de dirigir para tomar cuidado e evitar ao máximo as batidas.

Entendendo a relação da direção do Toyota Corolla

Toyota-Corolla-XEi-2015 (29)

A liderança no mercado automotivo brasileiro exercido atualmente pelo Honda Civic na sua categoria está altamente ameaçada pelo Toyota Corolla. A Toyota aposta no rejuvenescimento do Corolla 2015 que agora está mais robusto, apresentando linhas agressivas e mais espaço interno, com nova motorização, câmbio e tecnologias inéditas, com a transmissão automática Multi-Drive com sete velocidades e a TV digital é integrada a uma tela multimídia de 6.1 polegadas.

Corolla_interor

Ele foi apresentado nos salões de Tóquio e Joanesburgo no final do ano de 2013 e a décima primeira geração do automóvel já encontra-se disponível no Brasil em quatro versões: uma manual GLI equipada com motor de 1.8 litro e transmissão de seis marchas e outras três versões com câmbio automático, a GLI, a XEi e Altis, com motores de 1.8 litro e 2.0 litros, respectivamente e câmbio de 7 marchas. Leve sempre a um centro automotivo especializado.

As mudanças que aconteceram com certeza deixaram o automóvel bem mais atraente e competitivo. Por outro lado, a comparação estética com o principal concorrente Honda Civic é inevitável. De acordo com especialistas do setor automotivo, essa reestilização tem como principal motivo conquistar o público da faixa etária entre os 30 e 45 anos, que muitas vezes tem interesse em automóveis mais esportivos como o Chevrolet Cruze, o Lancer da Mitsubishi e o próprio Honda Civic.

Para efeitos de comparação a Toyota explica que o novo design é inspirado no olhar focado de um grande atleta de alto rendimento antes de uma competição e acaba traduzido pelas suas formas côncavas e convexas da dianteira, na sua traseira e nas laterais. O rebaixamento das grades frontais aconteceu justamente para melhorar a eficiência e a proteção aos pedestres.

A frente do automóvel ganhou faróis ligados aos para lamas e o capô agora recebeu vincos acentuados no centro e nas laterais. A traseira apresenta contornos de carroceria que possui defletores de lua na parte inferior e do porta malas unidos às laterais e às lanternas. O estilo que as todas de 16 polegadas ganharam é próprio e de acordo com cada versão. A gama de cores encontra-se ampliada com o inédito vermelho e o branco perolizado.

Toyota-Corolla-XEi-2015 (29)

E para entendermos um pouco sobre direção hidráulica, precisamos entender que a relação da direção é a relação entre quanto é necessário girar o volante para que as rodas girem. Podemos citar como exemplo o fato de uma volta completa de 360 graus do volante pode resultar em um giro das rodas do automóvel em 20 graus e nesse caso a relação de direção corresponde a 360 dividido por 20, que é de 18:1.

Uma relação mais alta quer dizer que é necessário girar o volante mais vezes para que as rodas girem um determinado número de graus. No entanto, será necessário um menor esforço pelo fato de a relação de transmissão das engrenagens ser mais alta.

Geralmente os automóveis esportivos mais leves possuem relações de direção mais baixas do que as de automóveis maiores e caminhões. A relação mais baixa proporciona uma resposta bem mais rápida já que não é necessário girar tanto o volante para que as rodas girem um determinado número de graus, o que é desejado em automóveis esportivos. Os automóveis menores são mais leves o suficiente para que o esforço necessário para girar o volante é adequado, mesmo com relação de direção mais baixa.

E para cuidar bem do sistema de direção hidráulica do Toyota Corolla, procure sempre um centro automotivo especializado com técnicos mecãnicos treinados e prontos para realizar todo tipo de diagnóstico e manutenção preventiva e corretiva nas peças da direção. É muito importante que a direção esteja funcionando perfeitamente para proporcionar conforto e comodidade para o condutor.

Manutenção correta do motor da Renault Master

master

O modelo Master, a van da Renault, é um utilitário que encontra-se disponível em versão de furgão ou minibus. Sua proposta é de carregar passageiros com conforto e praticidade em viagens e dentro da cidade, como van executiva e de passeio. É uma proposta versátil, já que oferece desempenho considerável e é bastante robusta, sendo frequentemente escolhida para o transporte de passageiros.

master

É um utilitário que concorre diretamente com o Iveco Daily, Citroen Jumper, a Sprinter da Mercedes Benz, a Ford Transit e a Fiat Ducato. É uma disputa das boas, pois essas concorrentes também demonstram possibilidades e condições de competir de igual para igual juntamente com a Master da Renault. Leve a um centro automotivo especializado.

A Master encontra-se disponível nas versões furgão L1H1 Dci, Furgão L1h1 Vitrè Dci, Furgão L2h2 Dci, Furgão L2h2 Vitrè Dci, Furgão L3h2 Dci, Furgão L3h2 Vitrè Dci e Minibus L2h2 16l Dci. Todas estas versões estão equipadas com motor de 2.5 litros que possui 115 cavalos de potência. Seu tanque de combustível possui capacidade para armazenar 100 litros e 7 litros na sua versão Minibus e o vão para levar carga varia de acordo com a opção escolhida, que vai desde 8.000L a 12.600L.

A nova Renault Master foi recentemente lançada no Brasil. Foi um modelo premiado como o melhor veículo utilitário do seu segmento em diversos países europeus onde o mercado é extremamente exigente, o que demonstra que possui capacidade para fazer bonito em um nicho de mercado bem competitivo, e agora já é produzida e comercializada no nosso país. Tem como destaques seu novo design, o conforto para seus ocupantes está bem melhor e o seu custo de manutenção diminuiu.

A sua carroceria conta com quatro versões, cada uma para um propósito. O Minibus, o Furgão, o Chassi-cabine a e Vitré. Apresentam também várias opções de comprimento e altura do teto, dependendo da necessidade de quem vai adquirir. Dessa maneira, possui mais de 7 configurações diferentes que procuram atender a todo tipo de comércio e indústria.

Como um utilitário geralmente é usado para transporte de pessoas e precisa sempre estar com o seu motor bem cuidado e funcionando corretamente, é indispensável o motor encontrar-se em bom estado. Pode acontecer de algumas vezes com a Master o motor girar mas não pegar, o que é um grande problema. Geralmente a luz vermelha do painel que é a luz do sistema anti arranque fica piscando rapidamente no painel.

renault-master-03

Nesse caso, pode ter a necessidade de olhar junto ao polo positivo da bateria onde encontra-se um conjunto de fusíveis maxifuse. Esse conjunto e a bateria fica no assoalho do habitáculo do motorista e está bem perto da alavanca de câmbio, onde fica sujeito a vibrações. Nesse conjunto, ficam dois fusíveis de 30 ampéres montados.

Nessa situação o automóvel perde alimentação da UCH e o led do sistema anti arranque que é o imobilizados no painel que é a bolinha vermelha fica piscando mais rápido. Aí o motor gira mas não pega. E, dependendo da medição que for realizada, pode acontecer de se enganar, já que nos testes de tensão e resistência o resultado é correto. Nesse caso citado, pode acontecer de arrumar caso o fusível trincado seja substituído.

Para fazer essa troca e até melhor, uma manutenção geral na parte elétrica e no motor da Renault Master, leve sempre a um centro automotivo especializado. Lá você conta com técnicos mecânicos prontos para realizar manutenções preventivas e corretivas, deixando a Master funcionando corretamente e confiável para transportar passageiros com confiança, segurança e todo o conforto que pode oferecer.