COMO LER O PNEU AUTOMOTIVO

dot

O pneu do carro possui em sua lateral, varias inscrições que explicam sua origem, medida, construção, índice de velocidade e carga, entre outras. Entre elas, uma mistura de letras e números que explica as especificações do modelo. Como exemplo, a nomenclatura.

205/55 R 16 91W.
205 = Largura do pneu em milímetros
55 = Série do pneu – É o perfil do pneu, ou seja, a relação percentual entre a altura e a largura da seção do pneu em milímetros.
R = Tipo de construção – R é radial, D é diagonal e B caracteriza diagonal-cintada, belted em inglês
91 = Índice de carga – Informa qual a maior carga que o pneu pode suportar. Um número elevado significa que o pneu tem uma alta capacidade de carga. O número 91, por exemplo, corresponde a uma capacidade de carga de 615 kg.

16 = Diâmetro do aro em polegadas.
W = Símbolo de velocidade, ou seja, a velocidade máxima que o pneu suporta em km/h. Veja tabela abaixo:
M = 130 km/h
N = 140 km/h
P = 150 km/h
Q =160 km/h
R = 170 km/h
S = 180 km/h
T = 190 km/h
U = 200 km/h
H = 210 km/h
V = 240 km/h
W = 270 km/h
Y = 300 km/h
Z = Acima de 240 km/h

pneus automotivos

Dicas para os pneus automotivos.  Automóveis de passeio

- O desenho da banda de rodagem tem de ser compatível com o tipo de veículo e o uso que se faz dele.

-Os pneus automotivos devem obedecer a mesma medida ou medida opcional recomendada pelo fabricante do veículo.
-O índice de carga e o símbolo de velocidade devem estar adequados para o tipo de veículo.
-  Os pneus radiais novos não devem ser misturados com pneus convencionais ou reformados.
- No caso de dois pneus novos, é ideal é colocá-los no eixo traseiro do veículo.
- válvulas e bicos também devem ser novos na hora de trocar os pneus.

- A montagem de pneus de dimensões ou construções diferentes num mesmo veículo deve ser evitada.