Dicas para manutenção do motor do Ford Ka

Novo-Ka-2014-Carplace-4

O Ford Ka é um automóvel bastante econômico, ágil nas ruas e de fácil manutenção. Está entre os automóveis mais vendidos do Brasil, pois possui fácil acesso à centro automotivo especializado para que sua mecânica e os cuidados com seus sistemas sejam feitos.

Sabemos que o principal componente para que um automóvel ande com segurança, economia e agilidade é o motor. Ele precisa estar em dia, funcionando perfeitamente e bem cuidado. Isso verifica-se levando o automóvel a um centro automotivo especializado.

Aqui vão algumas dicas sobre alguns dos componentes bastante importantes do motor do Ford Ka, bem como alguns cuidados com esses componentes:

Ford-Ka-2014-Fotos-Preco-1

1 – Velas de ignição: são as responsáveis por fazer com que a partida do automóvel Ford Ka seja rápida e sem falhas. Precisam estar em ótimas condições. Têm duas funções principais: realizar a ignição da mistura de ar com o combustível, fornecendo assim a força do motor e, também, remover o calor da câmara de combustível. As aberturas da vela precisam estar exatamente da maneira correta, pois, caso estejam desreguladas, não provocam corretamente a queima de combustível, fazendo com que o motor perca potência e, consequentemente aumente o consumo de combustível. Caso seus eletrodos estejam desgastados, os sintomas são os mesmos.

2 – Coxins do motor: os coxins são os responsáveis por prender o motor na carroceria do automóvel. São feitos de borracha, para que seja evitada a transmissão da vibração do funcionamento do motor para a estrutura do automóvel. Essa vibração pode comprometer e danificar vários suportes de equipamentos fixados na estrutura do automóvel. Quando os coxins estão quebrados, fazem com que o motor desloque-se quando o automóvel é acelerado, fazendo assim com que outras peças estraguem.

3 – As coifas da homocinética: são responsáveis por proteger as homocinéticas de sujeiras e armazenam a graxa que lubrificará as homocinéticas. Quando começam a ressecar, ficam cortadas, permitindo assim que poeira entre nas homocinéticas e a graxa que deveria ficar armazenada sai, perdendo sua função. Dessa forma, as homocinéticas danificam-se e quebram. Sempre que o carro estiver em um centro automotivo especializado, é conveniente verificar as coifas, pois o seu preço é bem baixo em relação ao da homocinética.

4 – Amortecedores: os amortecedores têm como função controlar a quantidade de energia que passa pelas molas. Os amortecedores, como o nome diz, amortecem o movimento da suspensão, juntamente com as molas, deixando os pneus do automóvel Ford Ka sempre em contato com o chão. Caso os amortecedores estejam danificados, não amortecerão corretamente o movimento das molas, fazendo com que o automóvel pule e perca o contato com o asfalto. Daí, o automóvel perde estabilidade e também corre o risco de perder sua trajetória. Além disso, aumenta e muito a vibração do automóvel, desgastando prematuramente outros componentes da suspensão e também os pneus.

5 – Os rolamentos da roda: os rolamentos da roda que fazem com que o automóvel deslize suavemente pelas ruas. Quando estão desgastados, apresentam folgas que prejudicam outras partes da suspensão e chegam a elevar tanto sua temperatura que podem chegar até a fundir. Sempre que o automóvel estiver em um centro automotivo é bom realizar a sua verificação e caso consiga, ajustar a sua folga. Caso contrário, será necessária sua troca.

Todas essas peças e sistemas citados acima, referentes ao Ford Ka, podem ser vistos, revisados e caso necessários, trocados em um centro automotivo especializado. Com técnicos mecânicos prontos para atender da melhor forma e com toda a competência para que seu automóvel Ford Ka tenha uma durabilidade excelente e funcione da melhor maneira possível.