O tapete pode atrapalhar o motorista – 2° parte

download (1)

Torções e movimentações

A possibilidade do tapete se mover sobre os pedais, por causa do esforço aplicado pelo pé de apoio do motorista, é um fator de risco para a dirigibilidade. Esse deslocamento tem mais chances de ocorrer no momento em que o motorista entra e sai do automóvel. Os testes realizados para identificar a resistência do tapete contra essas movimentações concluiu que há 43% de tapetes bastante suscetíveis à movimentação.

Coeficiente de atrito

É fator determinante para que o tapete não fique se movimentando pelo assoalho do veículo indevidamente. Foi elaborado um método de comparação. A análise mostrou que há uma grande variedade no que diz respeito ao atrito, com diferenças relevantes entre o coeficiente mínimo e o máximo.

Risco de deformações

Quanto maior a chance do tapete formar ondas, maior é o risco de interferência nos pedais. Sendo assim, a maioria dos tapetes analisados não é suscetível a ondulações.

Interferência na alavanca dos pedais

É um problema relacionado ao pedal. Avaliou-se se o tapete interfere, ou não, no movimento da alavanca dos pedais. E concluiu-se que 59% dos tapetes interferem.