O veículo deve ser realinhado a cada troca de pneus

pneu-reciclagem

O uso do automóvel na estrada desalinha o veículo, não permitindo desempenho máximo do pneu. Para corrigir esse problema, é preciso refazer a geometria e balanceamento do veículo, feito em cima de dados que a montadora fornece e que variam conforme o modelo. Carro alinhado garante estabilidades, especialmente em curvas.

A recomendação é de que o veículo passe por geometria a cada 10 mil quilômetros rodados. Por dados da GIPA, de 2006, a média rodada pelo brasileiro é de 13,275mil km/ano.

A falta de verificação degrada a suspensão.

Por que usar a pressão correta?

A vida útil do pneu é determinada pelo alinhamento do veículo e pela pressão de pneu recomendada pelo fabricante. Pneu cheio ou vazio demais pode desgastar de forma desigual a borracha.

A pressão ideal pode ser encontrada no manual do automóvel. É recomendada a verificação semanal ou quinzenal da pressão e calibragem.

Como fazer o rodízio dos pneus?

Para otimizar o uso dos pneus, o rodízio deve ser feito de maneira unidirecional. Ou seja, os que estiverem sendo usados na parte traseira apenas passam para frente, no mesmo lado do veículo. Não é recomendada a troca cruzada, pois é possível que haja desgastes irregulares. O rodízio unidirecional evita que o veículo seja puxado pelo pneu mais desgastado.