Principais dúvidas sobre pneus

pneus

Quando chega o momento de trocar os pneus do veículo, o que não faltam são dúvidas. Muitas pessoas não sabem se os dois jogos, traseiros e dianteiros devem ser substituídos no mesmo tempo. Outros acham que é possível recauchutar os pneus velhos. E aqueles que acham que o que importa é o prazo de garantia. Fato é que a vida útil dos pneus automotivos depende de muitas variáveis, como tipo radial ou diagonal, volume de carga transportada, maneira como o motorista conduz o veículo, arranque, freadas, curvas etc., o tipo de estrada que o veículo trafega, manutenção, clima e outros aspectos.

Desse modo o motorista pode adotar como principal indicativo de que é hora de substituir os pneus os indicadores TWI, ressaltos de borracha que ficam nos sulcos dos pneus e possuem 1,6 milímetros de profundidade. Quando chegam ao seu limite, sinalizam que o pneu deve ser trocado, é o que se considera pneu careca.

Os TWIs servem também para auxiliar o motorista para que ele verifique se o pneu está com desgaste irregular, podendo indicar a necessidade de se realizar procedimentos básicos de manutenção dos pneus, como alinhamento, calibragem e balanceamento, já que em alguns casos o pneu automotivo pode estar mais gasto em algum sulco do que nos demais.

Caso o problema não foi solucionado em tempo, corre o risco de reduzir a vida útil do pneu, causando prejuízos. Sem contar que trafegar com os pneus no limite TWI total ou parcialmente, prejudica a dirigibilidade, gera dificuldade de frenagem, a aderência no solo e representa grande risco para a segurança dos ocupantes. A regra TWI só não é válida para pneus com bolhas, perfurações ou rasgos, que nestes casos devem ser substituídos com urgência.